Archive for the 'Bio' Category

Caramba, já estamos em 2012!

Não sei se porque aqui o ano escolar não termina e as aulas retornam logo no começo de janeiro que parece que o ano não acabou…

Nada melhor do que, então, olhar para o ano que passou e se dar conta que num ano que as coisas possam não ter sido 100%, muita coisa boa aconteceu.

  • Em fevereiro nos mudamos para uma casa nova!
  • Em março torci o tornozelo esquerdo e precisei usar uma bota por 8 semanas…
  • Em maio tive uma crise de vesícola e precisei ser operada para retirá-la…
  • Em junho passei a fazer parte do grupo Rainhas do Livro que tem por objetivo tratar de leitura familiar!
  • Não viajamos tanto quanto antes no verão mas passamos uma semana ótima em Chicago, em julho!
  • Em setembro Nicolas precisou de uma pequena cirurgia para remoção de uma hérnia umbilical…
  • Recebi as queridas Clarissa e Leyla para o Thanksgiving!
  • Passamos o Natal em Chicago com toda a família e fizemos um cruzeiro delicioso pelo Caribe com meus pais!
  • E tivemos várias festas durante o ano: caça aos ovos, fim do ano escolar, Halloween, Thanksgiving e (pré)Natal!
  • Continuo trabalhando com organização de fotos!

Não sei o que esperar de 2012 e há tempos que não faço resoluções de ano novo já que são difíceis de cumprir e fica mais fácil ir aos poucos, de acordo com as necessidades.

Mas, com certeza, quero voltar a blogar mais, sinto saudades de escrever!

FELIZ TUDO EM 2012!

De volta! E agora como Rainha – do Livro!

Nada que me satisfaça mais do que um desafio, uma motivação!

O Tem Quem Goste foi criado há 3 anos para dar voz ao meus pensamentos. Porque sumi não quer dizer que parei de pensar, ainda bem! Mas so fui alí, rapidinho, mudar de  casa, lidar com um torção no tornozelo direito e, mais recentemente com uma internação hospitalar para uma laparoscopia para retirada da vesícola…

Por isso o dia 18 de abril passou batido… Mas como nada é por acaso, volto como Rainha! Já explico!

Minha fascinação por histórias é antiga! Se puxo pela memória, sempre me lembro da minha mãe dizer que eu pedia pra ela me contar umas, na hora de dormir, e que ela pegava no sono e misturava porquinhos com maçã, anõezinhos com lobo e eu ficava muito brava! Meu pai inventava então, quando eu pedia pra repetir, ele se confundia todo…

Mas a minha mais doce lembrança é da Madrinha! Madrinha de um tio meu, irmão da minha mãe mas que todos chamavam de Madrinha e que eu nem sei o nome dela… Ela veio de Portugal e com leve sotaque contava as histórias mais lindas, sem ler de nenhum livro! Aquilo me fascinava! Podia ficar horas e horas sentada, ouvindo as histórias da Madrinha. A minha predileta era aquela em que a princesa precisa beijar o sapo. Imaginava a cena na minha cabeça, sem ter noção de quantos sapos eu ainda viria a beijar (sem virar príncipe…) e de quantos ainda engoliria…

Por que ninguém gravou as histórias da Madrinha? Fosse hoje, faria um lindo scrapbook com as histórias…

Pois então, dignas de contos de fadas, somos SEIS Rainhas!

                         Ceila, Isabella, Leticia, Luana, Sueli e Vanessa

Loucas pra passar essa vontade de histórias para nossos filhotes.

Todas fascinadas pela CHAVE, tão bem abordada pela escritora Regina Machado, autora do livro ACORDAIS. Veja a entrevista feita pela Ceila com a autora, no Desabafo de Mãe.

Hoje  as RAINHAS DO LIVRO, estão contando um dos contos da Regina Machado: A LENDA DAS AREIAS, o QUARTO pedaço da história, voce lê aqui mesmo.

Para ler os outros TRES pedaços, visite

Parte UM, no blog da Vanessa – Mãe é tudo igual
Parte DOIS, no blog da Letícia – Pelos Cotovelos e cotovelinhos
Parte TRES, no blog da Luana – Mãememorial

Quando o vento veio chegando, estendeu os braços para ele e então o rio se largou nos braços do vento e virou vapor. Enquanto era levado, durante o caminho para o céu aconteceu de tudo. Ele teve medo, chorou, outra hora pensou que estava ficando louco, que nunca mais ia voltar para o chão. Algumas vezes ele se divertiu, viu coisas maravilhosas, de novo chorou e duvidou de tudo. E assim foi descobrindo tanta coisa que ele podia conhecer e fazer que nem sequer imaginava.

Quando finalmente chegou ao mar, como uma chuva grossa e quente, teve uma alegria enorme. Além de conhecer o mar, que era o que ele mais queria na vida, ele tinha aprendido quem ele realmente era.

                         Bem vindos ao nosso reinado!

 

Parou por que? Por que parou?

Acho que eu mesma nem sei…

Falta de tempo? Falta de assunto?

Talvez.

Na verdade falta de necessidade… O blog teve uma importancia enorme quando senti que precisava me expressar mais. E era uma necessidade pessoal e o fato de estar dividindo meus anseios com outras pessoas foi muito valido.

Nesse meio tempo, viajei, me mudei e agora enfrento uma torcao no pe direito que tem me forcado ficar em casa por uma semana…

Quero voltar, com certeza! A postar e ler os blogs amigos!

R de… RAT?

Acho que posso morar a vida toda aqui na América que vou sempre ter que pensar quando soletrar palavras…

Não sei se B de BOLA é o mesmo que B de BALL, acho que não…

Quando tenho que soletrar meu email, acabo dizendo B as in BOY and R as in RAT, pro br do final…

E quando estão soletrando par eu escrever, sempre me confundo E com I, é horrível!

Acho que vou ter recorrer (decorar…) ao alfabeto usado na aviação…

  • A – Alpha
  • B – Bravo
  • C – Charlie
  • D – Delta
  • E – Echo
  • F – Foxtrot
  • G – Golf
  • H – Hotel
  • I – India
  • J – Juliet
  • K – Kilo
  • L – Lima
  • M – Mike
  • N – November
  • O – Oscar
  • P – Papa
  • Q – Quebec
  • R – Romeo
  • S – Sierra
  • T – Tango
  • U – Uniform
  • V – Victor
  • W – Whiskey
  • X – X-ray
  • Y – Yanke
  • Z – Zulu

Exercitando a solidão

Em inglês tem o termo loner que me veio a cabeça assim que pensei nesse post.

Não sei se nascemos loners ou nos tornamos solitários…

Eu sempre gostei de atividades em que eu precisava ficar sozinha: ler, fazer quebra-cabeças enormes, fazer palavras-cruzadas, ir ao cinema. Não que eu fosse sozinha ao cinema mas uma vez que as luzes se apagam, estamos todos sozinhos.

E eu sempre fui calada. Falava comigo mesma e até fazia greve e ficava sem falar com ninguém em casa. Pessoa estranha!

Acho que eu já estava exercitando minha solidão. Sempre achei que quem sabe ficar bem consigo, vive melhor. A dependência que criamos da convivência pode ser nociva…

Mas ao mesmo tempo a convivência social é necessária… E lá pros 20 anos falei pra mim mesma: chega disso de ser tímida, boboca! Isso não vai levar a lugar nenhum.

Levou um tempo pra eu me acostumar com a minha nova realidade imposta por mim mesma mas fico satisfeita de ter saído da concha. Aliás tive um namorado que dizia que eu morava numa conchinha.

E namorados sempre tive, engraçado! Lembro do Fábio, do colégio Pitágoras, em BH. Ele me ligava e nós ficávamos mudos no telefone… Vai saber… Eu tinha 13 anos e achava que tudo que eu falava tinha uma conotação estranha…

Também passei pela fase de ficar over analisando tudo que falava e ficava passando diálogos na minha cabeça, over and over. Por que eu disse aquilo?

Lembro-me da Emília, do Sítio do Picapau Amarelo, que overdosed em pílulas falantes do Doutor Sapo (é isso mesmo?) e nunca mais parou de falar.

De uma certa forma continua exercitando minha solidão, agora sem muita análise.

Quase nos 45!

No sábado faço 45 anos.

Não me sinto, necessariamente, diferente mas com certeza me sinto MUITO melhor do que me senti aos 25 e aos 35!

Mudei o header do TQG porque ganhei um MAC do meu irmão! Um SUPER presente! Continuo usando o meu laptop e coloquei meu brinquedo novo no meu ateliê.

Tenho sentido mais  necessidade de usar os óculos pra vista cansada mas ainda não os levo comigo na bolsa.

Em abril, em função de uma enxaqueca pavorosa, comecei o Vigilantes do Peso online e já perdi 6 kilos. As dores de cabeça diminuíram, estou comendo melhor e fazendo exercícios.

Desde outubro de 2009 que comecei a trabalhar para uma senhora, organizando suas fotos digitais e impressas e, recentemente, escaneei mais de 500 fotos dos 3 filhos mais velhos. Montei um slideshow para a formatura de dois deles e foi um trabalho interessantíssimo!

Meu Filhote vai para a primeira série e já está começando a ler e escrever sozinho! Continua um menino engraçado e alegre e espero que isso o acompanhe para toda a vida!

Confesso que perdi a fé em relacionamentos e me sinto super confortável sozinha! Não excluo nada no futuro mas levo um dia de cada vez.

A vida é boa quando escolhemos o que nos faz feliz e assumimos as prováveis consequencias dessas escolhas.

imagem

À minha realidade moderna!

Nos dias de hoje ainda é possível manter relacionamentos de amizade considerados tradicionais?

Por tradicionais refiro-me a quando usáva-se telefonar pra jogar conversa fora, ir a  um encontro, sentar pra um longo papo. Até mesmo ir ao cinema!

Quem ainda tem tempo?

No meu caso, mãe solteira de uma criança em idade escolar, com dois empregos part-time, fazendo tudo em casa, morando fora, fica MUITO difícil manter amizades tradicionais.

Um dos motivos pelos quais criei o TQG foi exatamente  pra me expressar e alcançar as pessoas que conheço e as que não conheço. Não trato esse blog como um diário e já fui melhor em parar pra escrever aqui mas depois do Facebook e do Twitter, o tempo que passo pra escrever um post parece enooooorme! Aqui me exponho muito mais. Já no FB mantenho um grupo mais fechado e controlado. Aqui escrevo exclusivamente em português e no FB 99% em inglês, alcançando amigos de várias nacionalides.

Morar fora nos impõe um certo exílio geográfico mas é só isso. O contato físico fica limitado mas com Skype, por exemplo, pode-se ver a família e os amigos e ainda dá pra chat e usar o computador pra outras coisas ao mesmo tempo!

Ou seja, a amizade moderna é multitasked! Não dá pra mais pra ligar individualmente para cada pessoa, nem mesmo escrever um email contando o que ando fazendo quando tanto do meu dia-a-dia já está disponível on-line.

Essa é a minha realidade hoje em dia e adaptei-me bem a essa nova maneira de me comunicar com as pessoas que querem se comunicar comigo.

Pra quem não tem tempo pra manter suas amizades modernas, eu sinto tanto mas essa é a minha  nova realidade : )

imagem


TWITTER – O ANDA ACONTECENDO NO MEU ATELIE?

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

E HOJE É DIA…

julho 2017
S T Q Q S S D
« out    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

QUEM ANDA COMENTANDO NO TQG:

bellavida em Eu era feliz e sabia : )
Odila Nunes em Eu era feliz e sabia : )
lovetz.org em Calcinha Exocet
Carla Cristina. em Maria sem vergonha!
Sandra mendonça em Crocs upgrade!

O QUE MAIS CLICAM NO TQG!

TQG STATS:

  • 229,936 já clicaram aqui desde abril de 2007!

TQG POR MÊS/ANO!

CATEGORIAS TQG: