4 de novembro de 2008

São agora 12:37am

Eu já nem sei exatamente que horas eram. Eu tinha acabado de falar com minha irmã que mora em Chicago e estava no Grant Park e fiquei de ligar de volta quando tivesse mais resultados. E aí veio o resultado de Virginia, onde moro e logo em seguida, na tela da televisão:

Barack Obama the 44th president of the United States of America.

Liguei pra de volta imediatamente mas acabei deixando um recado, dizendo que Obama tinha sido eleito.

Liguei para minha amiga Anamaria que assim como seu marido, trabalhou até às 7pm de hoje, como voluntária do Obama. Tinha que parabenizá-la, tinha que dividir minha alegria!

O discurso do McCain veio logo em seguida. Perante uma pláteia perplexa, McCain falou bem, não aprovou as vaias vindas do público e disse que estará do lado de Obama. Palin quis chorar mas segurou a onda.

Nesse meio tempo a MSNBC mostrava as ruas de Washingto, DC – U Street e Casa Branca. Ambas lotadas de pessoas festejando a vitória. Algo que nunca tinha presenciado antes e que até senti falta hoje, durante a votação. Uma espécie de alívio, de alegria incontrolada, dessas que você quer largar tudo e ir comemorar junto. Pena que não fui…

O discurso do Obama me emocionou e me fez chorar. Nós, que somos americanos também (do sul, do norte, do centro – que diferença faz? – que fomos colonizados, que tivemos escravidão, que temos tanto em comum e, no fundo, estamos no mesmo barco, devemos acreditar que pode sim haver igualdade social e econômica. Que votar faz a diferença, que dizer não e basta a cafagestagem política e a mesmisse vale à pena. Chega de olhar pros próprios umbigos. Chega de aceitar o que está errado. Chega de passar a mão na cabeça de quem corrompe e se deixa corromper. Chega do caminho mais fácil e da vantagem eterna. É essencial aprender a mudar, a aceitar, a ter compaixão, orgulho, patriotismo, tolerância. O mundo deixou de ser preto e branco há muito tempo.

Que esse momento não se perca e venha sim, contagiar a todos.

Virginia teve participação decisiva e me sinto orgulhosa de ter, pelo menos, tentado ajudar, mesmo que meu cartaz OBAMA/BIDEN tenha sido surrupiado.

Como disse o Obama: não existem estados vermelhos e estados azuis, existem os Estados Unidos da América.

Fico com pena de não estar aqui no dia 20 de janeiro de 2009, dia da posse. Mas sei que teremos 4 anos pela frente, no mínimo!

obama-vitoriaImagem

Anúncios

2 Responses to “4 de novembro de 2008”


  1. 1 bellavida 06/11/2008 às 3:55 AM

    Obrigada, Paizinho! Vc é grande!

    bjs com saudades!

  2. 2 Natercia 05/11/2008 às 5:30 PM

    Que belas palavras ! Estou orgulhoso.

    Em termos marinheiros : BRAVO ZULU = manobra bem executada !

    É o sinal que todas as Marinhas do mundo devem estar içando pela vitória de OBAMA/BIDEN e pela derrota dos hostis às inovações políticas ou sociais.

    Do pai Vilhena


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




TWITTER – O ANDA ACONTECENDO NO MEU ATELIE?

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

E HOJE É DIA…

novembro 2008
S T Q Q S S D
« out   dez »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

QUEM ANDA COMENTANDO NO TQG:

bellavida em Eu era feliz e sabia : )
Odila Nunes em Eu era feliz e sabia : )
lovetz.org em Calcinha Exocet
Carla Cristina. em Maria sem vergonha!
Sandra mendonça em Crocs upgrade!

O QUE MAIS CLICAM NO TQG!

  • Nenhum

TQG STATS:

  • 231,092 já clicaram aqui desde abril de 2007!

TQG POR MÊS/ANO!

CATEGORIAS TQG:


%d blogueiros gostam disto: